Cadastre seu e-mail:

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Através do fogo de Deus

Dois discípulos, corações pesados, iam cabisbaixos pelo caminho de Emaús. Estavam sozinhos... ponderando que direção tomar.
Jesus apareceu a eles. Quão doce é a aparição de Jesus na estrada. Quando os discípulos perceberam que era Jesus, este desapareceu. Eles disseram um ao outro: “Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava e quando nos abria as Escrituras?” (Lucas 24:32)

Você não ama este versículo? Eles souberam que tinham estado com Jesus por causa do fogo dentro deles.

Deus revela a sua vontade, enviando uma tocha a sua alma. Ele deu a Jeremias um ardor por corações endurecidos. Deu a Neemias um ardor pela cidade esquecida. Fez Abraão inflamar por uma terra que nunca vira. Ateou fogo em Isaías com uma visão irresistível. Quarenta anos de pregações infrutíferas não puderam apagar o fogo de Noé. Quarenta anos de deserto foram incapazes de extinguir a paixão de Moisés. Jericó não pôde arrefecer Josué, nem Golias deter Davi. Havia um fogo dentro deles.
Não há um fogo dentro de você? Quer conhecer a vontade de Deus para a sua vida? Então responda: O que lhe incendeia o coração? Órfãos esquecidos? Nações não alcançadas? Missões urbanas? Transculturais?

Preste atenção ao fogo interno. Você tem uma paixão por cantar? Então cante! Você se inquieta por administrar? Então administre. Você sofre pelos doentes? Então trate deles! Você se aflige pelos perdidos? Então oriente-os!

Quando jovem, sentia a chamada para pregar. Inseguro de estar correto em minha interpretação da vontade de Deus para mim, solicitei o conselho de um ministro, a quem admirava. Seu conselho ainda reverbera verdade. “Não pregue”, disse ele, “a menos que tenha de fazê-lo”. Enquanto ponderava em suas palavras, encontrei minha resposta: “Eu tenho de pregar. Se eu não o fizer, o fogo me consumirá”. Que fogo consome você?

Grave bem: Jesus veio para fazer você pegar fogo! Ele passeia como uma tocha, de coração para coração, aquecendo o frio, descongelando o gelo, e avivando as cinzas. Ele é, ao mesmo tempo, um galileu flamejante, e um lume bem-vindo. Ele veio para purgar a infecção, e iluminar-lhe o rumo.

O fogo do seu coração é a luz do seu caminho. Negligencie-o para sua própria perda. Atice-o para o seu próprio deleite. Assopre-o. Avive-o. Alimente-o. Os cépticos duvidarão dele. Mofarão dele aqueles que não o possuem. Porém aqueles que o conhecem – e que conhecem a Jesus – entendê-lo-ão.

Conhecer o Salvador é ser incendiado. Descobrir a chama é descobrir-lhe a vontade. E descobrir-lhe a vontade é acessar um mundo que você nunca viu.

Fonte: “A Grande Casa de Deus” (Capítulo O Estúdio), Max Lucado

Nenhum comentário:

Postar um comentário