Cadastre seu e-mail:

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Possuir Bíblia no Uzbequistão pode custar US$ 500

Igrejas e casas foram invadidas pela polícia, os pastores foram presos 

No Uzbequistão, a repressão aos cristãos cresce a cada dia. Líderes da igreja foram presos e com eles suas bíblias, literaturas e computadores. A ofensiva do Governo sobre os cristãos, que começou em 3 de maio, ainda está em curso.

A repressão começou depois que uma mãe muçulmana reclamou que seu filho tinha sido batizado. Logo, igrejas e casas foram invadidas pela polícia. Os pastores foram presos, pessoas que possuíam uma Bíblia na língua do Uzbequistão foram multadas em cerca de US$ 500, equivale a dois meses de salários para um cidadão de classe média do Uzbequistão.

Embora o país seja de maioria muçulmana, (88% da população), o cristianismo é ptraticado no país sob a forma de Igreja Ortodoxa Russa, por quase 10% da população.

A lei contra o proselitismo tem pena máxima de quinze dias de reclusão. Essa pode ser a razão para que tribunais apliquem multas com mais freqüência. Elas chegam a 80 vezes o salário mínimo, que é de US$ 250 por mês, ou seja, US$ 20 mil.

Fonte: Persecution / Redação CPADNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário