Cadastre seu e-mail:

sábado, 27 de outubro de 2012

Refúgio - Parte 2

"Porque foste a fortaleza do pobre, e a fortaleza do necessitado, na sua angústia; refúgio contra a tempestade, e sombra contra o calor. Eis que reinará um rei com justiça, e dominarão os príncipes segundo o juízo. E será aquele homem como um esconderijo contra o vento, e um refúgio contra a tempestade, como ribeiros de águas em lugares secos, e como a sombra de uma grande rocha em terra sedenta." [Isaías 25:4; 32:1-2].

Alpinistas conhecem os benefícios de um refúgio, por mais tosco que seja, quando tempestades irrompem inesperadamente. E os habitantes de áreas desérticas quando assolados por tempestades de areia? Esses povos compreendiam perfeitamente a imagem usada na profecia acima.

A aplicação profética se refere aos eventos apocalípticos dos últimos dias. Mas existe também uma aplicação atual para os que enfrentam sofrimentos. Saber que o Senhor Jesus Cristo está perto é o que segura e sustenta os redimidos quando passam por tribulações. O Salmo 121 afirma: "O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma" (v. 7).

Um refúgio é o melhor lugar para se estar quando a tempestade desaba. Um lugar de sombra em dias de sol escaldante e ribeiros em terras secas também. Durante nossa vida experimentamos não apenas grandes chuvas, mas pequenos e constantes problemas e preocupações, que nos pressionam ainda mais em tempos difíceis, colocando sobre nossas costas um peso esmagador. Às vezes não nos causam dores intensas, mas esgotam nossas forças e nos desen­corajam. Mas Jesus está sempre presente para proteger o coração dos Seus. Ele é a Sombra à nossa direita (Salmo 121:5).

Fonte: Devocional Boa Semente 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário