Cadastre seu e-mail:

sábado, 3 de abril de 2010

Há esperança para mim?

"Porque há esperança para a árvore, pois, mesmo cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus rebentos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e no chão morrer o seu tronco, ao cheiro das águas brotará e dará ramos como a planta nova." (Jó 14:7-9)

Viver como um cristão é simplesmente viver pela fé, viver pela vida de Deus em nós.

E agora, como praticar?

Tudo bem, já aceitei Jesus como meu Salvador, mas continuo me sentindo a mesma pessoa. Será que não aconteceu nada? Continuo gostando das mesmas coisas de que gostava antes... Como é que eu posso ser cristão desse jeito?

Depois da regeneração, muitos cristãos têm um sentimento estranho por não perceberem mudanças visíveis no seu comportamento. Por um lado querem continuar com o Senhor, mas, por outro, até pensam em desistir. O que fazer?

Em primeiro lugar, ao contrário do que muitos afirmam, não há necessidade se sentirmos coisa alguma quando recebemos Cristo como nosso Senhor. Há quem exija lágrimas, calor no coração ou que sintamos um fardo caindo das costas. Isso até pode ocorrer, mas não é prova de que Jesus entrou em nosso espírito. A regeneração está absolutamente relacionada à fé. A Bíblia diz que precisamos crer, e ponto final (Jo 1:12,13). Nosso crer é manifestado por meio de uma oração ou invocar o nome do Senhor (Rm 10:9, 10), mas a ênfase está em crer. Nada mais. E se o início da vida cristã acontece com a fé, o restante dela não foge a esse princípio. Deus falou claramente: "O justo viverá por fé" (Rm 1:17; Hb 2:4). Do início ao fim da vida com Deus não podemos confiar no que nosso coração sente. Precisamos, sim, viver por fé.

Como isso funciona na prática? Quando fomos regenerados recebemos Jesus como nosso Salvador. Sua vida entrou em nós por meio do Espírito Santo - e viver como um cristão é simplesmente viver segundo essa vida. Deus sabe muito bem que para nos é impossível viver de maneira agradável a Ele, e você já deve ter descoberto isso também, não é? Por um lado você deseja viver sem pecar, sem pensar naquelas coisas, mas quando menos espera, isso acontece. Aí surge um sentimento de frustração misturado com raiva, misturado com vontade de dizer: "Isso não é para mim". Mas você sabe que precisa viver de maneira santa, incontaminada, sem pecado, afastado do mundo. Então, se Deus exige isso de nós, mesmo sabendo que nunca conseguiremos, Ele não está sendo injusto? O problema não está em Deus, mas em nós. Nós é que não entendemos direito o que Ele quer. Deus NUNCA esperou que por nós mesmos cumpríssemos Sua vontade. O que Ele deseja é que vivamos por Sua vida, e permitamos que Ele mesmo em nós cumpra a Sua vontade.

Somente Jesus agrada a Deus. E Deus deseja que vivamos exatamente como Jesus viveu! Como isso é possível? Somente se permitirmos que o Cristo que recebemos viva por meio de nós. É isso que a Bíblia chama de viver pela fé. Viver pela fé é viver pela vida de Deus em nós. É isso que Paulo quis dizer ao afirmar: "Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim." (Gl 2:20)

Essa é a receita, mas como praticá-la? Em primeiro lugar, precisamos ter uma visão clara, uma revelação profunda sobre esse assunto. Depois é preciso alimentar a nova vida que recebemos, a fim de que essa vida cresça, através da leitura da Bíblia, com oração. Outro alimento muito bom é a oração, mas não gaste sua oração pedindo coisas. Em primeiro lugar confesse tudo o que ofendeu ao Senhor, arrependa-se cabalmente de cada pecado. Feito isso, ore livremente com o principal objetivo de "ver" o Senhor, de "tocar" o Senhor, de ser "tocado" por Ele. Na primeira parte da oração você estará se esvaziando de si mesmo, de suas justificativas, de seu esforço de ser um bom cristão, e, na segunda, você estará sendo mais e mais cheio de Deus. Dessa maneira, espontaneamente, Deus viverá mais e mais por meio de você.

Comece a praticar agora mesmo!

Nota: Texto extraído e adaptado do livro “Há Esperança Para Mim?”, Editora Árvore da Vida / Fonte: www.eusoudecristo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário