Cadastre seu e-mail:

sábado, 23 de janeiro de 2010

Ferida precisa de cura

O poder redentor e curador de Deus é liberado quando pessoas perdoam umas às outras. É o poder de uma nova vida, nova esperança, nova alegria, fluindo novamente em um coração frio endurecido e amargurado.

O perdão está no coração de DEUS. Onde o perdão é dado abundantemente, há liberação de vida contra os poderes da morte. Naquele momento, quando Jesus orou na cruz: "Pai, perdoai-os..." (Lucas 23:34), todo principado e poder demoníaco que infiltrou-se no relacionamento do homem com Deus foi desarmado (Colossenses 2:14,15) A mão de Deus despedaçou o cativeiro quando Cristo morreu pelos pecadores. Jesus cancelou na cruz toda culpa e desarmou o inimigo. Da mesma forma, quando concedemos o perdão, as dívidas são canceladas e o inimigo é desarmado. O perdão é necessário para evitarmos ser presos nas armadilhas de satanás.
A falta de perdão é o meio primário que satanás usa para obter entrada na vida dos crentes em Jesus Cristo. Paulo encorajou as pessoas a se perdoarem mutuamente a fim de que satanás não alcançasse vantagem sobre nós (II Coríntios 2:11).

Recusar o perdão é um convite aberto para o maligno escravizar nossas vidas (Mateus 18:32-35 e Jeremias 34:17). Uma das verdades fundamentais de nossa fé é que, através de Cristo, nós recebemos perdão de Deus para os nossos pecados; e por causa de Cristo nós podemos perdoar uns aos outros.

Por: Celso Crisóstomo / Lagoinha.com / eusoudecristo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário