Cadastre seu e-mail:

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Preocupação inútil


"Fui moço e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão" Salmos 37:25.

Nós nos preocupamos. Preocupamo-nos com o imposto de renda, com o vestibular, com a segurança... Preocupamo-nos se não temos dinheiro suficiente, e quando o temos, preocupamo-nos por achar que não estamos lidando bem com ele. Preocupamo-nos com a possibilidade de o mundo acabar antes que expire o prazo que pagamos no estacionamento. Preocupamo-nos com o que o cachorro pensará se nos vir sair do chuveiro. Preocupamo-nos que algum dia venhamos a descobrir que o iogurte light engorda.

Ora, francamente. Deus o salvou para que você se afligisse? Ele lhe ensinaria a andar só para vê-lo cair? Ele seria pregado na cruz por seus pecados, e então desprezaria suas orações? Ora, vamos. Estariam as escrituras caçoando de nós quando dizem:"Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos"? (Sl 91:11).

Também acho que não.

Notas: Extraído de In the grip of the grace, de Max Lucado. Copyright © 1996 de Max Lucado. Usado com permissão [www.irmaos.com].

Nenhum comentário:

Postar um comentário