Cadastre seu e-mail:

sábado, 16 de março de 2013

Ramo frutífero

"José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto à fonte; 
seus galhos se estendem sobre o muro.” 
[Gn 49.22]

O patriarca Jacó está nos umbrais da morte. Mas, antes de morrer, distribui bênçãos a todos os filhos. Coube a José, seu filho amado, uma bênção singular. Três verdades devem ser destacadas. Em primeiro lugar, José é um ramo frutífero. Sua vida foi bênção em casa, no trabalho e no governo do Egito. Por onde passou, José deixou marcas positivas e frutos excelentes.

Há muitos que passam pela vida desprovidos de frutos. Têm apenas folhas, muita aparência e nenhum resultado. Em segundo lugar, José é um ramo frutífero junto à fonte. Os tempos de sequidão não lhe tiraram o verdor, porque estava plantado junto à fonte, que é Deus. Em terceiro lugar, José estendia sua influência para além dos muros. Quem é bênção dentro de casa, também é bênção fora de casa. Quem é bênção dentro dos muros, também estende seus ramos sobre os muros.

A vida de José nos desafia e nos estimula a sermos, de igual forma, ramos frutíferos da Videira verdadeira. Deus é glorificado em nós quando produzimos muito fruto. Agora mesmo você é desafiado a ser um bênção aqui, ali e além fronteiras!

Ore assim: "Eterno Deus, limpa meu coração. Faz as podas necessárias na minha alma. Muda-me. Transforma-me para tua glória. Eu quero dar muitos frutos para o teu louvor. Em nome de Jesus. Amém.
"

Fonte: http://lpc.org.br/cada-dia/

Nenhum comentário:

Postar um comentário